Translate this Page
Pesquisa
Qual a sua afiliação religiosa?
Católico
Evangélico
Adventista
Fundamentalista
Outro
Ver Resultados

Rating: 3.1/5 (660 votos)




ONLINE
1




Partilhe este Site...



Total de visitas: 335004
5 Razões (na Bíblia) porque deixei sabatismo
5 Razões (na Bíblia) porque deixei sabatismo

5 Razões (na Bíblia) porque deixei, fui salvo dos Adventistas do Sétimo Dia

 

Autor:  Seminarista  Miguel Ângelo L. Maciel
  2005

1.ª Razão – Quanto à origem dos adventistas (Daniel 8:10-14)

Os fundadores (Miller, Bates, Ellen White, Iram Edson) a princípio acreditavam que a Profecia de Daniel 8:10-14 se referia à volta de Cristo. Depois, com muita “cara-de-pau” mudaram a interpretação afirmando que profecia justifica sua própria origem e a existência de um santuário no céu.

Estão totalmente fora de contexto pois, quando lemos todo o capítulo vemos que a profecia se refere claramente:

a) À ira de Deus revelada no cativeiro babilônico (Daniel 8:19);

b) Ao surgimento do Império Medo Persa (Daniel  8:4 e 20);

c) Ao surgimento do Império Grego (Daniel 8:5 e 21);

d) À morte súbita do rei da Grécia (Alexandre) e à divisão do Império Grego (Daniel 8:8);

e) Ao engrandecimento de um dos reis (Antioco Epifânio) que surgiram desta divisão (Daniel 8:9-12);

f) Ao período que este rei interrompeu o holocausto (168~165 a.C.) que era oferecido todas as tarde e todas às manhãs (Daniel 8:13-14).

Ah, se os adventistas lessem humildes e contritos Daniel 8:16-19 em daí em diante quando Deus dá a entender a visão. Basta ler todo o capítulo pra se ver que eles estão totalmente fora de contexto.


2.ª Razão – Quanto aos fundadores e a profetiza dos adventistas (Deut 18:22; Apoc. 22:18 e 19)


Os fundadores (e atuais seguidores da seita) reservam-se o direito de possuírem revelação adicional à Bíblia (escritos de Ellen White), ensino contrário às Escrituras (Apoc. 22:18) e tem-na por profetiza (Hebreus 1:1). Entretanto, as suas profecias ou não se cumpriram (Deut. 18:22), ou são contraditórias, ou são absurdas, sendo que mais de 90% de seus escritos são plágios de outros escritores. Alguns exemplos:

a) Porta da Graça fechada (Mensagens Escolhidas, vol I, p. 63);

b) A volta de Jesus (O Testemunho de Jesus, p. 108, Primeiros Escritos, p. 15),  contradizendo-se depois em (Mensagens Escolhidas, vol,  I p. 76 e Testemunhos Seletos, vol. II, p. 359;

c) Guerra civil americana (Testemony for The Church, vol. I);

d) Cartão de ouro no céu (Primeiros Escritos, p.   3ª edição, 1988);

e) Pessoas (inclusive Enoque) vivendo em Saturno (Primeiros Escritos, p.96-97edição 1967);

f) Racismo (Mensagens Escolhidas, vol. II, p. 344;

g) Crianças passando fome (Temperança, 158). [veja os textos por extenso na página: http://www.cacp.org.br/adv_egw_falhou.htm]




3.º Razão – Quanto à doutrina adventista que diz que o Sacrifício de Jesus Cristo foi incompleto, estando Ele agora em um santuário celestial, completando a redenção – Juízo Investigativo. (João 5:24; João 17:4; João 19:30; Lucas 13:32; Heb. 5:9; Heb 7:27 ).


A Bíblia é muita clara quando mostra que o Senhor Jesus Morreu UMA VEZ  (Heb. 7:27) e que após isso sentou-se à destra de Deus (Colossenses 3:1; Heb. 1:3; Heb.: 1:13; Heb. 10:12;  Heb. 12:2; I Pe 3:22). Estevão teve esta visão (Atos 7:56) quando estava pronto a morrer. Jesus estava de pé e não sentado pois estava naquela momento ministrando pelo Seu servo.



4.ª Razão – Quanto à obrigatoriedade de se guardar à lei (sábado, comidas, etc..) e realizar boas obras para se merecer a salvação (Efésios 2:8-9)


A Palavra de Deus nos mostra que ninguém será salvo por obra da lei (João 1:7; Atos 13:39, 15:24, 18:15, 21:21; Romanos 1:17, 3:20 e 28, 4:1-25; Gál. 2:16 e 21, 3:10 e 11, 4:10 e 11, 5:2; Hebreus 7:12, 19, 27, 10:29), mas pela Graça de Deus (Efésios 2:8-9). Ah, se os adventistas lessem humildemente e contritos as epístolas do Apóstolo Paulo aos Romanos e aos Gálatas!


5.ª Razão – Quanto à doutrina adventista do aniquilacionismo (Mateus 25:41)

Os adventistas reduzem a descrição clara e detalhada que a Bíblia faz do fogo e tormento eterno (pra sempre, sem fim, que nunca se apaga, etc) a um “foguinho” que vai se apagar, onde os ímpios (satanás inclusive) serão aniquilados, ou seja, que seu sofrimento terá um fim, contradizendo as Sagradas Escrituras (Mateus 25:41-46; Marcos 9:43-48, Lucas 3:17, 16:28; Apocalipse 14:11, 20:10).


 



O autor Miguel Ângelo Luiz Maciel é seminarista do Seminário Teológico Batista Regular do Amazonas (SETEBRAM) – Dir. Pr. Joanilson Azevedo, da Igreja Batista Regular da Graça – Pr Jonas Xavier. Foi adventista durante mais de 20 anos, salvo pela Graça juntamente com sua esposa das garras do adventismo.

 

Observação: Texto Rev. 00 - 2005.

topo