Translate this Page
Pesquisa
Qual a sua afiliação religiosa?
Católico
Evangélico
Adventista
Fundamentalista
Outro
Ver Resultados

Rating: 3.1/5 (703 votos)




ONLINE
2




Partilhe este Site...



Total de visitas: 346558
Quadro: Sabatismo x BÍBLIA
Quadro: Sabatismo x BÍBLIA

Heresias do Sabatismo

 [“Revelações” do anjo escrivão para a Sra. White]

 

versus

 

BÍBLIA

[Revelação de DEUS, Única Regra de Fé e Prática]

 

 

Quadro comparativo simplificado: Para maior simplicidade enfocaremos o resumo das doutrinas sabatistas, olvidando-nos de acrescentar as referências das supostas revelações proféticas da Sra. White, a bem da simplicidade da comparação e entendimento.

 


“E farei cessar todo o seu gozo, as suas festas, as suas luas novas, e os seus sábados, e todas as suas festividades.” – Oseías 2.11

[Festas = anuais; Lua novas = mensais; Sábados = semanais]

 

 

 

“Mas agora, conhecendo a Deus, ou, antes, sendo conhecidos por Deus, como tornais outra vez a esses rudimentos fracos e pobres, aos quais de novo quereis servir? Guardais dias, e meses, e tempos, e anos.” Gálatas 4.9 – 10

[Sabatismo/Legalismo/Judaizantes = rudimentos fracos e pobres]


 

 

“Portanto, ninguém vos julgue pelo comer, ou pelo beber, ou por causa dos dias de festa, ou da lua nova, ou dos sábados, Que são sombras das coisas futuras, mas o corpo é de Cristo.” – Col. 2.16 -17

 

[Festas = anuais; Lua novas = mensais; Sábados = semanais]

 

 


“Um faz diferença entre dia e dia, mas outro julga iguais todos os dias. Cada um esteja inteiramente seguro em sua própria mente. Aquele que faz caso do dia, para o Senhor o faz e o que não faz caso do dia para o Senhor o não faz. O que come, para o Senhor come, porque dá graças a Deus; e o que não come, para o Senhor não come, e dá graças a Deus.” – Romanos 14.5 – 6

[Para os salvos = Todos os dias são santos!]

 


 


  HERESIAS do SABATISMO

      [“Revelação” da Sra. White]

 


                                      BÍBLIA                                

                       [Revelação de DEUS]                 

 

 

 

A Queda de Lúcifer

 

 

Ocorreu antes da criação [num tempo indefinido], na eternidade.

 

 

Ocorreu após a semana da criação.

 

“E viu Deus tudo quanto tinha feito, e eis que era muito bom; e foi a tarde e a manhã, o dia sexto.” – Gênesis 1.31

 

“Sobre que estão fundadas as suas bases, ou quem assentou a sua pedra de esquina, Quando as estrelas da alva juntas alegremente cantavam, e todos os filhos de Deus jubilavam?” – Jó 38.6 - 7

 

Estiveste no Éden, jardim de Deus; de toda a pedra preciosa era a tua cobertura: sardônia, topázio, diamante, turquesa, ónix, jaspe, safira, carbúnculo, esmeralda e ouro; em ti se faziam os teus tambores e os teus pífaros; no dia em que foste criado foram preparados. Tu eras o querubim, ungido para cobrir, e te estabeleci; no monte santo de Deus estavas, no meio das pedras afogueadas andavas. Perfeito eras nos teus caminhos, desde o dia em que foste criado, até que se achou iniqüidade em ti.”  Ez. 28. 13 – 15

 

 

Motivo da Queda de Lúcifer

 

 

Ocorriam reuniões celestiais antes da criação do Planeta Terra e Lúcifer sentiu ciúmes, pois Jesus teve autorização para participar delas e ele não. Acusou DEUS de ser injusto e começou a acusar a Lei [Subtenda-se os Dez Mandamentos e principalmente o dia de Sabath (?)] de ser uma Lei imperfeita e uma forma de tirania divina, dividindo as opiniões no céu e lançando dúvida sobre o caráter de DEUS.

 

 

Lúcifer caiu por desejar ser igual a DEUS.


“Como caíste desde o céu, ó Lúcifer [הֵילֵל (Heylel) = portador de Luz], filha da alva! Como foste cortado por terra, tu que debilitavas as nações! E tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu, acima das estrelas de Deus eu exaltarei o meu trono, e no monte da congregação eu me assentarei, aos lados do norte. Eu Subirei sobre as alturas das nuvens, e eu serei semelhante ao Altíssimo.” – Isáias 14.12 - 13


 

Vida no Universo

 

 

 Existem outros mundos criados, que permanecem sem pecado [na condição do Planeta Terra, de Adão e Eva, antes do pecado original]. A Sra. White “viu” Adão e Enoque vivendo em outro planeta, no caso, em Júpiter. Essas pessoas não têm a permissão de DEUS de virem em “naves espaciais” para a Terra [embora haja possibilidade de o fazerem, por serem extremamente inteligentes], a fim de evitar serem contaminadas com o pecado da raça de Adão.

 

 

DEUS criou a vida, única e exclusivamente, no planeta Terra.


“E num dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o SENHOR, veio também Satanás entre eles.” – Jó 1.6

 

“E, vindo outro dia, em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o SENHOR, veio também Satanás entre eles, apresentar-se perante o SENHOR.” – Jó 2.1

 

[Filhos de DEUS = Anjos e JAMAIS seres criados em outros mundos que permanecem sem pecado na condição de Adão antes da queda!]

 

 

Apostasia de Israel

 

 

A Igreja Adventista substituiu Israel, que perdeu seu posto. Por conseqüência, todas as profecias e promessas referentes a Israel no VT, hoje, são direcionadas à Igreja Adventista [Teologia da Substituição, também defendida pela Igreja Católica Romana, que reivindica a mesma posição]. Para os sabatistas, quando a Bíblia fala em Israel no NT, na verdade se refere aos Adventistas e não mais aos judeus.

 

Há distinções claras entre os gentios e a nação de Israel [judeus], bem como o tempo dos gentios [as igrejas locais e seu período na Terra - Dispensação] e o tempo em que Israel será restaurado.  Existem profecias que ainda se cumprirão em Israel [única e exclusivamente sobre os judeus na carne]. Jesus Cristo voltará para resgatar Israel [físico, povo judeu por nascimento] da destruição [Batalha do Armagedon sob autoridade e comando do Anticristo], no fim do período da Tribulação.

 

“Naqueles dias Judá será salvo e Jerusalém habitará seguramente; e este é o nome com o qual Deus a chamará: O SENHOR é a nossa justiça. Porque assim diz o SENHOR: Nunca faltará a Davi homem que se assente sobre o trono da casa de Israel;” – Jeremias 33.15-16

 

“Mas sobre a casa de Davi, e sobre os habitantes de Jerusalém, derramarei o Espírito de graça e de súplicas; e olharão para mim, a quem traspassaram; e prantea-lo-ão sobre ele, como quem pranteia pelo filho unigênito; e chorarão amargamente por ele, como se chora amargamente pelo primogênito. Naquele dia será grande o pranto em Jerusalém, como o pranto de Hadade-Rimom no vale de Megido.” – Zacarias 12.10-11

 

“Porque não quero, irmãos, que ignoreis este segredo (para que não presumais de vós mesmos): que o endurecimento veio em parte sobre Israel, até que a plenitude dos gentios haja entrado.” – Romanos 11.25

 

O capítulo de Romanos 11 fala da diferenças entre o tempo preparado para os gentios [ramos de zambujeiro] e para os judeus [raiz da oliveira]. O adventismo é antissemita [como o catolicismo] pois afirma que as promessas aqui são para o Israel “espiritual” [os próprios adventistas] e não para o Israel literal [judeus].

 

 

Dispensações

 

 

Não são cridas [os adventistas não são Dispensacionalistas e muito menos Cessacionistas]. O Adventismo abomina esta doutrina.

 

 

Formas de governo estabelecidas por DEUS, caracterizando períodos de tempo que ELE determinou sobre a terra.

 

 

“De tornar a congregar em Cristo todas as coisas, na dispensação da plenitude dos tempos, tanto as que estão nos céus como as que estão na terra;” – Efésios 1.10

 

 

A Lei

 

 

Dividi-se em lei moral e lei cerimonial [A lei cerimonial foi extinta enquanto a lei moral atualmente se resume apenas aos Dez Mandamentos de Êxodo 20 e às Leis de alimentos de Levítico 11]. A Salvação vem pela obediência irrestrita aos Dez Mandamentos [Principal destaque para o sabath judaico, considerado o “selo de DEUS” para salvação] e às Leis de alimentos.

 


Todo o PENTATEUCO constituiu uma só Lei que se compõem de Códigos Civis e Religiosos. Existem grande soma [mais de 500] Mandamentos e Preceitos Morais. Toda A LEI possui atributos morais e as suas corretas aplicações espirituais para a atual dispensação.

 

 

“E disse-lhes: São estas as palavras que vos disse estando ainda convosco: Que convinha que se cumprisse tudo o que de mim estava escrito na lei de Moisés, e nos profetas e nos Salmos.” – Lucas 24.44

 

“Mas confesso-te isto que, conforme aquele caminho que chamam seita, assim sirvo ao Deus de nossos pais, crendo tudo quanto está escrito na lei e nos profetas.” – Atos 24.14

 

“A lei e os profetas duraram até João; desde então é anunciado o reino de Deus, e todo o homem emprega força para entrar nele. “ – Lucas 16.16

 

“Disse-lhe Abraão: Têm Moisés e os profetas; ouçam-nos.” – Lucas 16.29

 

 

Natureza Humana de Cristo

 

 

 Em seu nascimento, Jesus Cristo participou da natureza pecaminosa de Adão e [em diversos momentos] esteve muito perto de pecar e falhar em Sua missão na terra.

 

 

Em seu nascimento, o Senhor Jesus Cristo não participou da natureza pecaminosa de Adão por ser “semente da mulher” e por sua concepção milagrosa pelo Espírito Santo. Nunca houve possibilidade de o Senhor Jesus Cristo pecar, por Ele também ser DEUS.

 

 

“Quem dentre vós me convence de pecado?” – João 8.46ª

 

“Àquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós; para que nele fôssemos feitos justiça de Deus.” – II Coríntios 5.21

 

 

Natureza Divina de Jesus Cristo

 

 

Jesus é o Arcanjo Miguel e, como Filho de DEUS, está sujeito ao Pai.

[Obs: Atualmente existe um crescente movimento entre os sabatistas em direção ao dogma de Árius (Arianismo), negando a Doutrina da Trindade e onde é afirmado que Jesus Cristo não é o DEUS do Velho Testamento por ter sido criado, portanto não é considerado eterno e nem igual a DEUS. A “matemática” do Arianismo seria:

1+ 1 + 1, “parece” = 1 (?).]

 

 

Jesus Cristo é DEUS Eterno, igual ao Pai e igual ao Espírito Santo – Doutrina da Trindade.

[A “matemática” Bíblica sobre a Trindade poderia ser (mesmo que imperfeitamente explicada):

(DEUS) TRINDADE

ou

(1)3

onde, temos:

1 x 1 x 1 = 1

ou seja


DEUS, o Pai e DEUS, o Filho e DEUS, o Espírito Santo

=

ao Único Eterno,

Soberano

e Verdadeiro DEUS.]

 

“No princípio criou Deus os céus e a terra. E a terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas. E disse Deus: Haja luz; e houve luz.” – Gênesis 1.1-3

 

“E clamavam uns aos outros, dizendo: Santo, Santo, Santo é o SENHOR dos Exércitos; toda a terra está cheia da sua glória.” - Isaías 6.3

 

“No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.” – João 1.1

 

“E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade.”- João 1.14

 

“Eu e o Pai somos um.” – João 10.30

 

“Disse-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que antes que Abraão existisse, EU SOU.” – João 8.58

 

“E Tomé respondeu, e disse-lhe: Senhor meu, e Deus meu!” - João 20.28

 

“Dos quais são os pais, e dos quais é Cristo segundo a carne, o qual é sobre todos, Deus bendito eternamente. Amém.” – Romanos 9.25

 

“Mas, do Filho, diz: O Deus, o teu trono subsiste pelos séculos dos séculos; Cetro de eqüidade é o cetro do teu reino. Amaste a justiça e odiaste a iniqüidade; por isso Deus, o teu Deus, te ungiu Com óleo de alegria mais do que a teus companheiros. E: Tu, Senhor, no princípio fundaste a terra, E os céus são obra de tuas mãos.” – Hebreus 1.8-10

 

Jesus Cristo é o mesmo, ontem, e hoje, e eternamente.” – Hebreus 13.8

 

EU SOU o Alfa e o Omega, o princípio e o fim, diz o Senhor, que é, e que era, e que há de vir, o Todo-Poderoso.” – Apocalipse 1.8

 

“Que dizia: EU SOU o Alfa e o Omega, o primeiro e o derradeiro; e o que vês, escreve-o num livro, e envia-o às sete igrejas que estão na Ásia: a Éfeso, e a Esmirna, e a Pérgamo, e a Tiatira, e a Sardes, e a Filadélfia, e a Laodicéia.” – Apocalipse 1.11

 

“E estava vestido de uma veste salpicada de sangue; e o nome pelo qual se chama é a Palavra de Deus.” – Apocalipse 19.13

 

 

Missão de CRISTO, ao vir à Terra, encarnado-se.

 

 

Desmascarar Satanás e provar que a Lei de DEUS é uma Lei de Amor [não uma Lei injusta como Lúcifer afirmou, causando sua queda] e que, todo e qualquer homem que seguir Seu exemplo [guardando a Lei] , receberá no fim a salvação [vida eterna]. Jesus Cristo mostrou ser possível que todo e qualquer homem se enquadre nas condições morais preditas na Sua Lei [Dez Mandamentos de Êxodo 20 – especialmente o sabath judaico – e Lei de alimentos Levítico 11].

 

 

Jesus Cristo veio resgatar [salvar, redimir] pecadores, pelo Seu Sangue.

 

“Bem como o Filho do homem não veio para ser servido, mas para servir, e para dar a sua vida em resgate de muitos.” – Mat. 20.28

 

“E Jesus, tendo ouvido isto, disse-lhes: Os sãos não necessitam de médico, mas, sim, os que estão doentes; eu não vim chamar os justos, mas,      sim, os pecadores ao arrependimento.”- Marcos 2.17

 

“Esta é uma palavra fiel, e digna de toda a aceitação, que Cristo Jesus veio ao mundo, para salvar os pecadores, dos quais eu sou o principal.” – I Tim. 1.15

 

“Sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que por tradição recebestes dos vossos pais, Mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado,” – I Pedro 1.19-19

 

 

Redenção

 

 

A morte de Jesus permite salvação potencial a todos os homens [a vida eterna é dada ao pecador em etapas e não de forma imediata no momento da conversão]. As etapas a serem cumpridas que complementam a entrega da vida eterna ao pecador são:

1. Missão de Jesus no Santuário Celestial [a redenção permanece incompleta];

2. O Juízo Investigativo de todos os guardadores fiéis do sabath judaico e das leis dietéticas [porta da graça se fechou para os não-adventistas];

3. Lúcifer é o bode emissário de Levítico 16 e, no fim, carregará o pecado dos salvos na sua Aniquilação [sendo um tipo de Co-Redentor].

 

 

O sacrifício de Cristo foi completo, pleno e cabal, não necessitando de nenhum complemento. Jesus Cristo permanece assentado à destra de DEUS. A salvação [vida eterna] é concedida de forma imediata ao pecador arrependido, no momento de sua conversão [novo nascimento].

 

“E, quando Jesus tomou o vinagre, disse: Está consumado. E, inclinando a cabeça, entregou o espírito.” – João 19.30

 

“Portanto, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus.” – Col. 3.1

 

“O qual, sendo o resplendor da sua glória, e a expressa imagem da sua pessoa, e sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder, havendo feito por si mesmo a purificação dos nossos pecados, assentou-se à destra da majestade nas alturas;”- Hebreus 1.13

 

“Portanto, pode também salvar perfeitamente os que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles.” – Hebreus 7.25

 

“Porque também Cristo padeceu uma vez pelos pecados, o justo pelos injustos, para levar-nos a Deus; mortificado, na verdade, na carne, mas vivificado pelo Espírito;.” – I Pedro 3.18

 

 

Salvação do Pecador

 

 

Pela Graça [conjugada] com as obras, mas apenas de forma provisória, somente confirmada pela guarda dos Dez Mandamentos e da Lei Dietética [Reforma de Saúde] descrita em Levíticos 11 [traduzida na fidelidade à Igreja Adventista]. O apóstata [aquele que abandona as fileiras Adventistas] perde a salvação e deve novamente se converter e ser re-batizado [3, 4, 5...10..quantas vezes for necessário]. Não se pode ter certeza de salvação, pois a vida eterna será concedida somente na volta gloriosa de CRISTO [enfatiza-se “aceitar” Jesus, mas sem ênfase no arrependimento].

 

 

A salvação é concedida no momento da conversão. Uma vez que DEUS salva o pecador, jamais retirará Sua Salvação. A mensagem do Evangelho Bíblico da Salvação começa com ênfase na necessidade do arrependimento por parte do pecador perdido.

 

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” – João 3.16

 

“E dou-lhes a vida eterna, e nunca hão de perecer, e ninguém as arrebatará da minha mão.”- João 10.28

 

“Estes, porém, foram escritos para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais vida em seu nome.”- João 20.31

 

Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham assim os tempos do refrigério pela presença do Senhor,” – Atos 3.19

 

“Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor.”- Romanos 8.38-39

 

“Estas coisas vos escrevi a vós, os que credes no nome do Filho de Deus, para que saibais que tendes a vida eterna, e para que creiais no nome do Filho de Deus.” - I João 5.13

 

 

Perdão dos Pecados

 


Como a salvação é apenas potencial e condicionada à obediência da Lei [do sabath e dos alimentos] os pecados perdoados dos fiéis adventistas são apenas "cancelados" [i.e., de forma provisória se passam uma borracha, mas se pode voltar a escrevê-los de novo – perda da salvação] e nunca definitivamente são riscados ou apagados.

 


A salvação em CRISTO traz o perdão completo, definitivo, de uma vez por todas, de todos os pecados presentes, passados e futuros daqueles que Ele salvou. Os salvos [pecadores até a morte, mas redimidos em CRISTO], confessam seus pecados diários e recebem perdão [não para salvação, pois já estão salvos], para que não percam a alegria da salvação [santificação, serviço, comunhão].

 

“«Masquil de Davi» Bem-aventurado aquele cuja transgressão é perdoada, e cujo pecado é coberto.”- Salmos 32.1

 

“Porque isto é o meu sangue; o sangue do novo testamento, que é derramado por muitos, para remissão dos pecados.” – Mateus 26.28

 

“Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham assim os tempos do refrigério pela presença do Senhor,” – Atos 3.19

 

“Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça.” – I João 1.9

 

“Filhinhos, escrevo-vos, porque pelo seu nome vos são perdoados os pecados.’ – I João 2.12

 

 

Igreja [assembléias locais] fundada por Jesus Cristo

 

 

Fracassou, pois permitiu que a verdade [a guarda do sábado hebdomadário] se perdesse ao longo dos séculos. DEUS convocou a Sra. White para reestabelecer Sua Igreja na terra, após 18 séculos em que as portas do inferno prevaleceram sobre a igreja de Jesus Cristo. Com as revelações dada à Sra. White [meados do Século XIX], as portas da Graça se fecharam e somente os adventistas [fiéis, aprovados no juízo investigativo] poderão se salvar.

 

 

A igreja fundada pelo Senhor Jesus Cristo nunca sucumbiu [sempre existindo em grupos (igrejas locais) defensores e praticantes das doutrinas Bíblicas ao longo dos séculos, com diferentes nomes e em diferentes lugares: Donatistas (Século IV), Cátaros (Século XI), Waldenses (Século XII) e Anabatistas (Século XVI), Batistas (a partir do Século XVII)] , nem jamais foi vencida pelas portas do inferno. A VERDADE é a pessoa do Senhor Jesus Cristo e não o sábado hebdomadário judaico.

 

“Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim..” – João 14.6

 

“...edificarei a minha igreja e as portas do inferno não prevalecerão contra ela;” – Mateus 16.18b

 

Organização Eclesiástica

 

 

Organizada com tenaz hierarquia eclesiástica. Há Presidente Geral [um tipo de “Papa” da organização mundial] e Associações Mundial e por Continente, País, Estado e em Missões regionais que controlam as Congregações. Pastores são determinados  e eleitos para os Distritos pela Associação. O pastor adventista exerce o cargo como um Bispo paroquial em uma prelazia, gerenciando quatro, cinco, seis, sete [ou mais] Congregações. O apoio financeiro é feito diretamente com a Associação e eles são subordinados a ela. Para “cuidar” das congregações são eleitos os Anciãos [pastores leigos, ou o superior dos diáconos]. Também possuem Diaconisas [permitem mulheres pregadoras]. Dízimos e ofertas não ficam nas congregações [são enviadas para a Associação regional que decide o destino final das finanças]. A Associação administra cada uma das congregações [finanças, decisões, concílios, reuniões e planejamento].

 

 

A igreja deve ser local [Governo Congregacional]. Cada igreja local deve possuir seu pastor [a quem elege, sustenta e sob quem recebe cuidados, ensinos, direção e administração]. As finanças, as decisões, as eleições [administração da igreja local] é decidida pela própria congregação, sem nenhuma interferência externa [a não ser sob autoridade da Bíblia sob influência do Espírito Santo de DEUS]. Só existem dois ofícios bíblicos: Pastores e Diáconos [ambos os cargos masculinos e nunca femininos].  O Pastor [com função tripla] exerce ofício de: Aconselhadores ou Conselheiros Experientes [presbítero, ancião], Administradores  [episcopo, bispo] Edificadores poimen [pastor]. A Bíblia não permite que mulheres ensinem homens adultos [embora possa servir em outros cargos, tais como professoras em classes de mulheres, jovens e crianças e outros].

 

 

“Escolhei, pois, irmãos, dentre vós, sete homens de boa reputação, cheios do Espírito Santo e de sabedoria, aos quais constituamos sobre este importante negócio.” – Atos 6.3

 

“Por esta causa te deixei em Creta, para que pusesses em boa ordem as coisas que ainda restam, e de cidade em cidade estabelecesses presbíteros, como já te mandei:” – Tito 1.5  

 

À igreja de Deus que está em Corinto, aos santificados em Cristo Jesus, chamados santos, com todos os que em todo o lugar invocam o nome de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor deles e nosso:” – I Cor. 1.2

 

“Os diáconos sejam maridos de uma só mulher, e governem bem a seus filhos e suas próprias casas.” – I Tim. 3.12

 

“Porque diz a Escritura: Não ligarás a boca ao boi que debulha. E: Digno é o obreiro do seu salário.”- I Tim. 5.18

 

“Não permito, porém, que a mulher ensine, nem use de autoridade sobre o marido, mas que esteja em silêncio.” – I Tim. 2.12

 

 

Cumprimento do 4.º Mandamento

 

 

O sabath hebdomadário judaico [sob a Aliança da Lei Mosaica em todos os seus aspectos], foi transferido em grau de aliança para os adventistas [que tomaram o lugar que antes pertencia a Israel e ao povo judeu]. Seu cumprimento é essencial para confirmar salvação e aprovação no Juízo Investigativo. Nem mesmo Jesus Cristo [que é o Arcanjo Miguel] possuía autoridade para modificá-lo. O sabath deve ser reverenciado e respeitado [A Sra. White viu as tábuas da Lei no céu, recebendo uma auréola de Luz sob o 4º Mandamento]. O Senhor Jesus Cristo aponta para a Lei [morreu para exaltá-la e restituí-la à condição de Verdade Suprema de DEUS]. No fim [na consumação dos tempos] a Lei [as tábuas dos Dez mandamentos e não Cristo] será reverenciada e adorada por toda a eternidade.

 

 

O Senhor Jesus CRISTO, como DEUS, possuindo plena e total autoridade sob a lei, determinou a extinção do sabath hebdomadário judaico, estabelecendo o Seu dia [κυριακος  ημερα  = Kuriakos Hêmera = Dia do Senhor = Dominicus = Domingo] , como o cumprimento do caráter e aspecto moral do 4º mandamento [um dia em sete], sob os auspícios da Nova Aliança. A Lei aponta para o Senhor Jesus Cristo, é aio [revela o pecado e a necessidade de um Salvador] e não mestre. O sabath da velha aliança aponta para o descansar na obra redentora de Cristo [salvação eficaz, realizada na cruz, para todo aquele que nEle crê].

 

 

“E farei cessar todo o seu gozo, as suas festas, as suas luas novas, e os seus sábados, e todas as suas festividades.” – Oseías 2.11

[Festas = anuais; Lua novas = mensais; Sábados = semanais]

 

“Porque o Filho do homem até do sábado é Senhor.” – Mateus 12.8

 

“Porque o Filho do homem até do sábado é Senhor.”- Mr 2.28

 

“Por isso, pois, os judeus ainda mais procuravam matá-lo, porque não só quebrantava o sábado, mas também dizia que Deus era seu próprio Pai, fazendo-se igual a Deus.”- João 5.18

 

“Então alguns dos fariseus diziam: Este homem não é de Deus, pois não guarda o sábado. Diziam outros: Como pode um homem pecador fazer tais sinais? E havia dissensão entre eles.”- João 9.16

 

“E dizia-lhes: O Filho do homem é Senhor até do sábado.”- Lc 6.5

[SENHOR = reinvindicação de Sua Divindade, plena autoridade sobre o mesmo, poder para modificá-lo, alterá-lo, permitir seu descumprimento, mudá-lo.]

 

“E no primeiro dia da semana, ajuntando-se os discípulos para partir o pão, Paulo, que havia de partir no dia seguinte, falava com eles; e prolongou a prática até à meia-noite.” – Atos 20.7

 

“No primeiro dia da semana cada um de vós ponha de parte o que puder ajuntar, conforme a sua prosperidade, para que não se façam as coletas quando eu chegar.” – I Cor. 16.2

 

“Mas agora, conhecendo a Deus, ou, antes, sendo conhecidos por Deus, como tornais outra vez a esses rudimentos fracos e pobres, aos quais de novo quereis servir? Guardais dias, e meses, e tempos, e anos.” Gálatas 4.9 – 10

[Sabatismo/Legalismo/Judaizantes = rudimentos fracos e pobres]

 

“Portanto, ninguém vos julgue pelo comer, ou pelo beber, ou por causa dos dias de festa, ou da lua nova, ou dos sábados, Que são sombras das coisas futuras, mas o corpo é de Cristo.” – Col. 2.16 -17

[Festas = anuais; Lua novas = mensais; Sábados = semanais]

 

“Um faz diferença entre dia e dia, mas outro julga iguais todos os dias. Cada um esteja inteiramente seguro em sua própria mente. Aquele que faz caso do dia, para o Senhor o faz e o que não faz caso do dia para o Senhor o não faz. O que come, para o Senhor come, porque dá graças a Deus; e o que não come, para o Senhor não come, e dá graças a Deus.” – Romanos 14.5 – 6

 

“Eu fui arrebatado no Espírito no dia do Senhor, e ouvi detrás de mim uma grande voz, como de trombeta,”- Apocalipse 1.10

 

 

Natureza do Homem

 

 

O homem existe como criatura Holística [nunca tricotomista]. A alma é “sopro de vida” e matéria [significando que o ser humano só existe de fato em composição conjunta de: corpo + alma]. Na morte o ser humano tornar-se um ser não existente, inconsciente, anulado, aniquilado.

 


O homem é corpo [matéria], alma [intelecto e emoções] e espírito [comunhão com DEUS, perdida com o pecado de Adão] – Tricotomia.

“E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo.” – I Tess. 5.23

 

Registro Fóssil

 

 

A Sra. White “revelou” o Amálgama da espécie humana [antes do Dilúvio, homens tiveram relações sexuais com animais e estes geraram “bestas-feras”, uma nova raça de meio homens, meio feras]. Os adventistas crêem que essa seja a explicação plausível para o registro fóssil dos “pitecantropus[“homens macacos” apresentados pela evolução], pois DEUS teria deixado parte dessa raça fora da arca. Por esta razão, eram proibidos [atualmente amenizado com o termo “desaconselhável”] casamentos entre brancos e negros [ou mestiços].

 

Todo o registro fóssil [animais e plantas] aponta para uma era pré-diluviana. O registro fóssil dos “pitecantropus” [“homens macacos”] constitui acintosas fraudes [já amplamente comprovadas]. A miscigenação entre animais e seres humanos não é possível [muito menos que estes gerem “bestas feras”]. A diferença de cor de pele não constitui diferença de raça [uma idéia racista advinda da evolução].

“E era Noé da idade de seiscentos anos, quando o dilúvio das águas veio sobre a terra. “ – Gênesis 7.6

 

“E criou Deus o homem à sua imagem: à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.” – Gênesis 1.27

 

“Ele, porém, respondendo, disse-lhes: Não tendes lido que aquele que os fez no princípio macho e fêmea os fez,” – Mateus 19.4

 

Morte

 

 

Na morte a alma entra em estado de “sublimação” ou de “não existência” [inconsciência, anulação, aniquilação]. Como ser holístico o homem não permanece existindo após a morte, e de fato esta o aniquila. O sofrimento só ocorrerá no Lago de Fogo e, mesmo assim, com um fogo que se extinguirá quando os condenados se tornarem cinzas [aniquilacionismo], logo a Bíblia está errada e é mal interpretada quando usa termos como: “para todo sempre”, “nunca se apaga”, as “almas debaixo do altar”, etc.

 

 

Na morte os salvos são imediatamente levados à CRISTO enquanto os perdidos levados imediatamente ao inferno, onde aguardarão o julgamento do grande Trono Branco.

 

“E, se a tua mão te escandalizar, corta-a; melhor é para ti entrares na vida aleijado do que, tendo duas mãos, ires para o inferno, para o fogo que nunca se apaga,” - Mr 9:43

“Onde o seu bicho não morre, e o fogo nunca se apaga. E, se o teu pé te escandalizar, corta-o; melhor é para ti entrares coxo na vida do que, tendo dois pés, seres lançado no inferno, no fogo que nunca se apaga, Onde o seu bicho não morre, e o fogo nunca se apaga...Onde o seu bicho não morre, e o fogo nunca se apaga.” Mc 9.44-46 e 48

 

“Ele tem a pá na sua mão; e limpará a sua eira, e ajuntará o trigo no seu celeiro, mas queimará a palha com fogo que nunca se apaga.” – Lucas 3.17

 

“Mas de ambos os lados estou em aperto, tendo desejo de partir, e estar com Cristo, porque isto é ainda muito melhor.” – Filipenses 1.24

 

“E no inferno, ergueu os olhos, estando em tormentos, e viu ao longe Abraão, e Lázaro no seu seio.”- Lucas 16.23

 

“E, havendo aberto o quinto selo, vi debaixo do altar as almas dos que foram mortos por amor da palavra de Deus e por amor do testemunho que deram.” – Apoc. 6.9

 

“E a fumaça do seu tormento sobe para todo o sempre; e não têm repouso nem de dia nem de noite os que adoram a besta e a sua imagem, e aquele que receber o sinal do seu nome.” – Apocalipse 14.11

 

“E vi tronos; e assentaram-se sobre eles, e foi-lhes dado o poder de julgar; e vi as almas daqueles que foram degolados pelo testemunho de Jesus, e pela palavra de Deus, e que não adoraram a besta, nem a sua imagem, e não receberam o sinal em suas testas nem em suas mãos; e viveram, e reinaram com Cristo durante mil anos.” – Apoc. 20.4

 

“E vi um grande trono branco, e o que estava assentado sobre ele, de cuja presença fugiu a terra e o céu; e não se achou lugar para eles. E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante de Deus, e abriram-se os livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida. E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras. E deu o mar os mortos que nele havia; e a morte e o inferno deram os mortos que neles havia; e foram julgados cada um segundo as suas obras. E a morte e o inferno foram lançados no lago de fogo. Esta é a segunda morte.” – Apocalipse 20.11-14

 

 

O termo “Sono” e seu significado

 

 

O “sono” é da Alma, por ser o homem um ser holístico [só existindo de fato na conjugação unificada “alma + corpo físico”].

 

 

O “sono” é do corpo, aguardando a ressurreição. As almas dos santos estão no céu e CRISTO, em Sua vinda, os trará para a ressurreição de seus corpos físicos. As almas dos que morreram sem CRISTO [perdidos] estão no inferno, aguardando o juízo no Grande Trono Branco.

 

 

"Para confirmar os vossos corações, para que sejais irrepreensíveis em santidade diante de nosso Deus e Pai, na vinda de nosso Senhor Jesus Cristo com todos os seus santos.” – I Tess. 3.13

 

“Porque, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também aos que em Jesus dormem, Deus os tornará a trazer com ele.” – I Tess. 4.14

 

“Mas de ambos os lados estou em aperto, tendo desejo de partir, e estar com Cristo, porque isto é ainda muito melhor.” – Fil. 1.23

 

“E, havendo aberto o quinto selo, vi debaixo do altar as almas dos que foram mortos por amor da palavra de Deus e por amor do testemunho que deram. E clamavam com grande voz, dizendo: Até quando, ó verdadeiro e santo Dominador, não julgas e vingas o nosso sangue dos que habitam sobre a terra?” – Apoc. 6.9 - 10

 

“E vi tronos; e assentaram-se sobre eles, e foi-lhes dado o poder de julgar; e vi as almas daqueles que foram degolados pelo testemunho de Jesus, e pela palavra de Deus, e que não adoraram a besta, nem a sua imagem, e não receberam o sinal em suas testas nem em suas mãos; e viveram, e reinaram com Cristo durante mil anos.” – Apoc. 20.4

 

 

Inferno

 

 

Não existe tal lugar para os adventistas.

 

 

É real. Para lá vão os perdidos [mortos sem arrepender-se e sem render-se à CRISTO como Salvador] imediatamente após sua morte, para aguardar o juízo do Grande Trono Branco.

 

“O inferno está nu perante ele, e não há coberta para a perdição.” – Jó 26.6

 

“E no inferno, ergueu os olhos, estando em tormentos, e viu ao longe Abraão, e Lázaro no seu seio.”- Lucas 16.23

 

“E vi um grande trono branco, e o que estava assentado sobre ele, de cuja presença fugiu a terra e o céu; e não se achou lugar para eles. E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante de Deus, e abriram-se os livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida. E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras. E deu o mar os mortos que nele havia; e a morte e o inferno deram os mortos que neles havia; e foram julgados cada um segundo as suas obras. E a morte e o inferno foram lançados no lago de fogo. Esta é a segunda morte." - Apocalipse 20.11-14

 

 

Céu

 

 

Não existe tal lugar para os adventistas.

 

 

No VT [antes da Ressurreição do Senhor Jesus Cristo], os mortos eram levados ao Paraíso. Após a ressurreição do Senhor Jesus Cristo, os salvos são levados [imediatemante à sua morte]  ao Terceiro Céu, habitação de DEUS.

 

 

“Conheço um homem em Cristo que há catorze anos (se no corpo, não sei, se fora do corpo, não sei; Deus o sabe) foi arrebatado ao terceiro céu.” – I Cor. 2.12

 

“Mas de ambos os lados estou em aperto, tendo desejo de partir, e estar com Cristo, porque isto é ainda muito melhor.” – Fil. 1.23

 

“E, havendo aberto o quinto selo, vi debaixo do altar as almas dos que foram mortos por amor da palavra de Deus e por amor do testemunho que deram. E clamavam com grande voz, dizendo: Até quando, ó verdadeiro e santo Dominador, não julgas e vingas o nosso sangue dos que habitam sobre a terra?” – Apoc. 6.9 - 10

 

“E vi tronos; e assentaram-se sobre eles, e foi-lhes dado o poder de julgar; e vi as almas daqueles que foram degolados pelo testemunho de Jesus, e pela palavra de Deus, e que não adoraram a besta, nem a sua imagem, e não receberam o sinal em suas testas nem em suas mãos; e viveram, e reinaram com Cristo durante mil anos.” – Apoc. 20.4

 

 

Arrebatamento

 

 

Não ocorrerá, pois não há ninguém no Céu e nem para lá poderá ir antes da Tribulação.

 

 

Ocorrerá antes do período conhecido como A Grande Tribulação [Pré-Tribulacionismo]. Todos os salvos serão arrebatados.

 

“Então, estando dois no campo, será levado um, e deixado o outro; Estando duas moendo no moinho, será levada uma, e deixada outra.”- Mateus 24.40-41

 

“Logo muito mais agora, tendo sido justificados pelo seu sangue, seremos por ele salvos da ira.” – Romanos 5.19

 

"Para confirmar os vossos corações, para que sejais irrepreensíveis em santidade diante de nosso Deus e Pai, na vinda de nosso Senhor Jesus Cristo com todos os seus santos.” – I Tess. 3.13

 

“Porque, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também aos que em Jesus dormem, Deus os tornará a trazer com ele.” – I Tess. 4.14

 

“Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor.” – I Tess. 4.17

 

 

Tribulação

 

 

Período de [?] anos em que os Adventistas serão perseguidos por se recusarem a se submeter à Lei Dominical imposta pelo Anticristo  [Estados Unidos], e sancionada pelo Falso Profeta [Vaticano/Papado].  Ao demonstrarem fidelidade à Guarda do sabath hebdomadário Judaico o “remanescente fiel e verdadeiro” [os próprios adventistas] obterão o mérito de salvação [vida eterna].

 

 

Período de 7 anos [imediatamente após o arrebatamento dos salvos]  em que os Judeus:

1. Farão um pacto com o Anticristo;

2. Nos primeiros 3 ½ verão o Anticristo reconstruir o Templo em Jerusalém, crendo que ele é o Messias;

3. Nos 3 ½ restantes, após a reconstrução do Templo, se recusarão adorar o Anticristo como DEUS [fazendo a mesma alegação que JESUS reivindicou, ou seja, ser DEUS em carne] e serão perseguidos por ele. Este período de 7 anos corresponde à última semana de Daniel Cap. 9, que aguarda cumprimento profético. É também denominado o tempo de "angústia qual nunca houve" para Jacó,  para os filhos do povo de Daniel, para o remanescente da semente da mulher [Nação de Israel, judeus segundo a carne].

 

 

“Ah! porque aquele dia é tão grande, que não houve outro semelhante; e é tempo de angústia para Jacó; ele, porém, será salvo dela.” – Jeremias 30.7

 

“E depois das sessenta e duas semanas será cortado o Messias, mas não para si mesmo; e o povo do príncipe, que há de vir, destruirá a cidade e o santuário, e o seu fim será com uma inundação; e até ao fim haverá guerra; estão determinadas as assolações. E ele firmará aliança com muitos por uma semana; e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a oblação; e sobre a asa das abominações virá o assolador, e isso até à consumação; e o que está determinado será derramado sobre o assolador.” – Daniel 9.26-27

 

“E naquele tempo se levantará Miguel, o grande príncipe, que se levanta a favor dos filhos do teu povo, e haverá um tempo de angústia, qual nunca houve, desde que houve nação até àquele tempo; mas naquele tempo livrar-se-á o teu povo, todo aquele que for achado escrito no livro.” – Daniel 12.1

 

“Quando, pois, virdes que a abominação da desolação, de que falou o profeta Daniel, está no lugar santo; quem lê, atenda;” – Mateus 24.15

"Porque naqueles dias haverá uma aflição tal, qual nunca houve desde o princípio da criação, que Deus criou, até agora, nem jamais haverá." - Marcos 13.19

“E o dragão irou-se contra a mulher, e foi fazer guerra ao remanescente da sua semente, os que guardam os mandamentos de Deus, e têm o testemunho de Jesus Cristo.” – Apocalipse 12.17

 

 

Volta de CRISTO à Terra

 

 

Só ocorrerá após a Tribulação, de forma Gloriosa [para salvar os Adventistas fiéis e dar a salvação de fato a todos os que foram aprovados no Juízo Investigativo]. DEUS trará de volta à existência os sublimados que se encontram no “sono da alma”.

 

 

Ocorre em dois momentos:

a. Arrebatamento dos Salvos [pré-tribulação, fim do período das igrejas locais, "plenitude dos gentios"] e

b. Volta Gloriosa antes do Milênio [pré-milenismo] com todos os Salvos, para implantar o Seu Reino Milenar na Terra [Literal].

 

 

“Mas julgará com justiça aos pobres, e repreenderá com eqüidade aos mansos da terra; e ferirá a terra com a vara de sua boca, e com o sopro dos seus lábios matará ao ímpio,” – Isaías 11.4 

 

“Para confirmar os vossos corações, para que sejais irrepreensíveis em santidade diante de nosso Deus e Pai, na vinda de nosso Senhor Jesus Cristo com todos os seus santos.” – I Tess. 3.13

 

“Porque, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também aos que em Jesus dormem, Deus os tornará a trazer com ele.” – I Tess. 4.14

 

“Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor.” – I Tess. 4.17

 

“E então será revelado o iníquo, a quem o Senhor desfará pelo assopro da sua boca, e aniquilará pelo esplendor da sua vinda;” – II Tess. 2.8

 

 

Milênio

 

 

Para os sabatistas é apenas simbólico. A “prisão” de Lúcifer é circunstancial e também simbólica, pois a Terra permanece destruída e sem nenhuma vida durante Mil Anos [sem nenhuma nação para se reinar sobre elas], não havendo ninguém que ele possa tentar.[Amilenismo Aniquilacionista (?)]

 



 

 

Literal. Os salvos reinarão com CRISTO na Terra restaurada à condição pré-diluviana, durante Mil Anos.

A sequência Escatológica e Bíblica é, claramente definida em uma linha do tempo inconfundível:

1. Prisão literal de Satanás (Apoc. 20.1-3);

2. Reino milenar literal [Primeira  Ressureição], com os mortos da tribulação em vida ["e viveram, e reinaram"] e não mortos (Apoc 20:4);

3. Os demais mortos somente ressuscitarão no final do milênio literal determinado pela sedição final de Satanás [aqui é descritivo]. Esta ressurreição é definida num tempo posterior, como ocorrendo somente após a batalha de Gogue e Magogue e não antes dela (Apoc. 20.5, 12-15);

4. Satanás é solto de forma literal e convoca os reinos para a Batalha de Gogue e Magogue, em sua sedição final (Apoc. 20. 7 a 9);

5. Satanás sofre sua última derrota e é lançado no Lago de Fogo literal, onde já se encontravam a Besta e o Falso Profeta [que lá foram lançados vivos], provando a literalidade de um sofrimento eterno, pois "serão atormentados para todo o sempre". (Apoc. 19.20, 20.10);


6. O Júizo Final [Grande Trono Branco] é literal [nunca apenas investigativo, sem ninguém presente, apenas CRISTO sozinho no santuário e de forma simbólica], e somente ocorrerá após Gogue e Magogue  (Apoc. 20.12 - 15);




 

“Por que se amotinam os gentios, e os povos imaginam coisas vãs? Os reis da terra se levantam e os governos consultam juntamente contra o SENHOR e contra o seu ungido, dizendo: Rompamos as suas ataduras, e sacudamos de nós as suas cordas. Tu os esmigalharás com uma vara de ferro; tu os despedaçarás como a um vaso de oleiro.” – Salmos 2. 1-3 e 9

 

“Mas julgará com justiça aos pobres, e repreenderá com eqüidade aos mansos da terra; e ferirá a terra com a vara de sua boca, e com o sopro dos seus lábios matará ao ímpio, E a justiça será o cinto dos seus lombos, e a fidelidade o cinto dos seus rins. E morará o lobo com o cordeiro, e o leopardo com o cabrito se deitará, e o bezerro, e o filho de leão e o animal cevado andarão juntos, e um menino pequeno os guiará. A vaca e a ursa pastarão juntas, seus filhos se deitarão juntos, e o leão comerá palha como o boi. E brincará a criança de peito sobre a toca da áspide, e a desmamada colocará a sua mão na cova do basilisco. Não se fará mal nem dano algum em todo o meu santo monte, porque a terra se encherá do conhecimento do SENHOR, como as águas cobrem o mar.” – Isaías 11.4-9

 

“Conjuro-te, pois, diante de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os mortos, na sua vinda e no seu reino,” – II Tim. 4.1

 

“E ao que vencer, e guardar até ao fim as minhas obras, eu lhe darei poder sobre as nações, E com vara de ferro as regerá; e serão quebradas como vasos de oleiro; como também recebi de meu Pai.” – Apocalipse 2.26-27

 

“E deu à luz um filho homem que há de reger todas as nações com vara de ferro; e o seu filho foi arrebatado para Deus e para o seu trono.” – Apocalipse 12.5

 

“E da sua boca saía uma aguda espada, para ferir com ela as nações; e ele as regerá com vara de ferro; e ele mesmo é o que pisa o lagar do vinho do furor e da ira do Deus Todo-Poderoso” – Apocalipse 19.15

 

“Bem-aventurado e santo aquele que tem parte na primeira ressurreição; sobre estes não tem poder a segunda morte; mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo, e reinarão com ele mil anos. E, acabando-se os mil anos, Satanás será solto da sua prisão, E sairá a enganar as nações que estão sobre os quatro cantos da terra, Gogue e Magogue, cujo número é como a areia do mar, para as ajuntar em batalha. ” – Apocalipse 20.6 - 8

 

 

Anticristo

 

 

É simbólico e não literal. Na verdade simboliza um país: os Estados Unidos, que darão poder e autoridade ao Vaticano [Falso Profeta] para reinar na terra. Para os sabatistas, quando a Bíblia se refere à "abominaçao da dessolação" está falando do Domingo.

 

 

É um homem [literalmente], líder mundial, que reinará na terra [poder político e religioso] durante período de 7 anos, será adorado, fará milagres e se intitulará o verdadeiro Messias em lugar de Jesus. Exigirá adoração.

 

 

 “E depois das sessenta e duas semanas será cortado o Messias, mas não para si mesmo; e o povo do príncipe, que há de vir, destruirá a cidade e o santuário, e o seu fim será com uma inundação; e até ao fim haverá guerra; estão determinadas as assolações. E ele firmará aliança com muitos por uma semana; e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a oblação; e sobre a asa das abominações virá o assolador, e isso até à consumação; e o que está determinado será derramado sobre o assolador.” – Daniel 9.26-27

 

“E este rei fará conforme a sua vontade, e levantar-se-á, e engrandecer-se-á sobre todo deus; e contra o Deus dos deuses falará coisas espantosas, e será próspero, até que a ira se complete; porque aquilo que está determinado será feito. E não terá respeito ao Deus de seus pais, nem terá respeito ao amor das mulheres, nem a deus algum, porque sobre tudo se engrandecerá.” – Daniel 11.36 - 37

 

“Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição,” – II Tess. 2.3


"E adoraram-na todos os que habitam sobre a terra, esses cujos nomes não estão escritos no livro da vida do Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo. " - Apocalipse 13.8

 

 

Falso profeta

 

 

É simbólico e não literal. É o Vaticano/Papado, que receberá poder e autoridade dos Estados Unidos para implementar no mundo o “Decreto Dominical”, que constituirá a marca da besta, também chamada "abominação da dessolação".

 

 

É um homem [literalmente] que co-reinará na terra ao lado do Anticristo, será adorado, fará milagres e dará autoridade religiosa ao Anticristo, confirmando-o como o Messias esperado em lugar de Jesus. Como a I.C.R. [Vaticano] é claramente identificada em Apocalipse 17 [mulher montada na Besta], percebesse que o falso profeta será um Papa [homem].

 

“E a mulher que viste é a grande cidade que reina sobre os reis da terra." - Apocalipse 17.18

"Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento, calcule o número da besta; porque é o número de um homem, e o seu número é seiscentos e sessenta e seis.” – Apocalipse 13.18

 

A marca da Besta

 

 

É simbólico e não literal. É o Domingo, que virá com o “Decreto Dominical” que os Estados Unidos implantarão no mundo.

 

 

É uma marca física literal sob  a pele [em cima, fora, externa, não sobre, nem embaixo] que será imposta sobre os habitantes da terra no período da Tribulação [obrigatoriedade].

 

“E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas,” – Apocalipse 13.16

 

O selo de DEUS

[atestado da Salvação]

 

 

É o sabath hebdomadário judaico.

 

 

É o Espírito Santo, concedido ao pecador arrependido, no momento da salvação.

 

 

“Em quem também vós estais, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação; e, tendo nele também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa.” – Efésios 1.13

 

“E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual estais selados para o dia da redenção.” – Efésios 4.30

 

 

Salvação na Tribulação

 

 

Somente os que permanecerem fiéis à guarda do sabath hebdomadário judaico.

 


Pela Graça [sempre foi e sempre será], por meio da fé. Permanecer fiel é sinal e não motivo da salvação [Preservação dos Santos].

 

“Noé, porém, achou graça aos olhos do SENHOR.” – Gênesis 6.8

 

“E creu ele no SENHOR, e imputou-lhe isto por justiça.” – Gênesis 15.6

 

“Sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus.” Rom 3.24

 

“Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie;” – Efésios 2.8-9

 

 

Gozo Eterno

 

 

Os Adventistas não sabem definir [uns crêem de uma forma, outros de outra] se os Adventistas salvos estarão a Eternidade se no Céu ou se na Terra.

 

 

Na Jerusalém que desce do céu, após o Milênio na Terra e após a batalha final de Gogue e Magogue.

 

“Depois virá o fim, quando tiver entregado o reino a Deus, ao Pai, e quando houver aniquilado todo o império, e toda a potestade e força. Porque convém que reine até que haja posto a todos os inimigos debaixo de seus pés. Ora, o último inimigo que há de ser aniquilado é a morte. Porque todas as coisas sujeitou debaixo de seus pés. Mas, quando diz que todas as coisas lhe estão sujeitas, claro está que se excetua aquele que lhe sujeitou todas as coisas. E, quando todas as coisas lhe estiverem sujeitas, então também o mesmo Filho se sujeitará àquele que todas as coisas lhe sujeitou, para que Deus seja tudo em todos.” - 1Co 15:24-28”

 

“Mas o dia do Senhor virá como o ladrão de noite; no qual os céus passarão com grande estrondo, e os elementos, ardendo, se desfarão, e a terra, e as obras que nela há, se queimarão.” – II Pedro 3.10

 

- ver Ap 21:2-22:5.


 “Porque esperava a cidade que tem fundamentos, da qual o artífice e construtor é Deus. ... Porque, os que isto dizem, claramente mostram que buscam uma pátria. ... Mas agora desejam uma melhor, isto é, a celestial. Por isso também Deus não se envergonha deles, de se chamar seu Deus, porque já lhes preparou uma cidade.” - Heb 11:10,14,16.

 

 

 

Conclusão e apelo final

 

 

Amigo(a), não poderás permanecer com as duas linhas doutrinárias. Ou hás de rejeitar uma [adventista ou Bíblica?] e seguir a outra [adventista ou Bíblica?], ou mesmo seguir rejeitando a ambas e ficar sem nenhuma [partir para a incredulidade plena e total, comum entre os adventistas desesperados por não poder se conformar com as leis impostas pela Sra. White].

 

Porém, como vimos acima, as “revelações” do anjo escrivão à Sra. White estão em clara, aberta, afrontosa e vexatória oposição às Verdades Bíblicas. Seu destino eterno depende que qual delas você rejeitará e sob qual delas você se renderá.

 

Ao “Jesus-Arcanjo Miguel” da Sra. White [seguindo no erro e esforçando-se para “se salvar”, através da guarda do sábado hebdomadário judaico e das leis (reforma) de saúde alimentar]....

 

...ou...

 

Ao Senhor Jesus Cristo da Bíblia [confessando seus pecados (natureza e ações) e implorando por perdão e salvação, crendo que Ele morreu na cruz para pagar o preço da justiça por seus pecados] ?

 

Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham assim os tempos do refrigério pela presença do Senhor,” – Atos 3.19

        

DEUS te abençoe com conhecimento salvífico. É meu desejo sincero e oração, amém.

 

 

Pr Miguel Ângelo Luiz Maciel

Dezembro, 2012. Rev. 01.

 

 

topo